Desfolhada

Os textos que nunca tinha tido coragem de escrever... © Reservados todos os direitos de autor dos textos e poemas

segunda-feira, novembro 15, 2004

Tempo

Queria ter(-te) mais tempo
(con) centrar-me em ti
em mim
alimentar-te
de palavras e carinhos
viver num mundo transparente
diferente
respirável
fingir que estamos sós
soprar o pó das palavras
dos outros
rebolar por aí
sem intrusos e atropelos
rir às gargalhadas
sem críticas e comentários
o nosso mundo
com sabor a mar
de gotas de água e areia fina
molhado de prazer
e quente de paixão
sem horários
sem compromissos sociais
de qualquer espécie
excepto amar-nos
intemporalmente
incondicionalmente

40 Comments:

Anonymous Anónimo said...

tinhas razão é linda a tua poesia, vamos alimentando o nosso amor com carinhos para colher-mos felicidade!
beijos do teu Infante

6:33 da tarde  
Blogger Piolha said...

Um mundo cor-de-rosa portanto ... ou azul... ou de todas as cores =) Um beijo*

6:37 da tarde  
Blogger LetrasAoAcaso said...

Sabes que eu acho que é possível pintar o mundo de tons agradáveis?
Basta que nos esforcemos um pouquinho.
O poema está belo.
Beijo

6:51 da tarde  
Blogger Pauxana said...

Pena que o tempo não nos deixe fazer aquilo que mais queremos...
http://dasletras.blogs.sapo.pt

7:31 da tarde  
Blogger MONALISA said...

As tuas palavras servem-me perfeitamente. Um beijo.

8:12 da tarde  
Blogger ognid said...

Esse mundo foi desaparecendo na névoa, qual Avalon... porque deixámos de acreditar nele e que ele era possível. Beijos.

11:24 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Muito bela essa alusão nostálgica a um amor edénico...
Continuação de boa semana :-)
Dora
www.atrasdaporta.blogs.sapo.pt

12:21 da manhã  
Blogger Marta said...

Podes sempre aproveitar bem o tempo q tens.Lindo poema. Bj

9:15 da manhã  
Blogger O Micróbio said...

Com o frio que está... aquece bem essa paixão!:-))

9:57 da manhã  
Blogger rfarinha said...

Todo o tempo parece pouco para se estar com quem se ama ;) Bjs

12:56 da tarde  
Blogger Alexandre Narciso said...

Estas tuas palavras tocaram me a alma. Lindo, o poema, repleto de significado.
Beijinhos
*A

2:19 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Gostei de ter passado por aqui. Sem horários nem datas para cumprir só te direi que voltarei...

2:51 da tarde  
Blogger lique said...

É um mundo belo esse que pintas. Quem não gostaria? Ilha de sonhos perdida perante as solicitações reais... Belo poema. beijinhos

6:10 da tarde  
Blogger JPD said...

A grande exigência é manter esse desejo firme e determinado para que alguma coisa seja conseguida. Será uma luta tremenda.

10:19 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

mais tempo para amar! que beleza de poema...
aproveita bem o tempo que te resta...

beijos

DonBadalo

11:01 da tarde  
Blogger pipetobacco said...

tempo de ensejo e oportunidades esbanjadas em ocasião própria
tempo usado, gasto, talvez aborrecido ou desgostoso por fim
{ ...

tempo
tempo de existências em sua mutação e grave dissipação
tempo perdido em coisas sem valia e gasto em vão
tempo de coração, afeição, amor, sentimentos de mim
tempo passado ou realizado anteriormente em recordação
tempo futuro, tempo de oposição à ideia de eternidade
tempo de anos, dias, horas, momentos ou estados
tempo de perda ou ruína, de nascer ou morrer
tempo a perder ou a viver
© biquinha

beijos*

... }

11:23 da tarde  
Blogger frog said...

" o tempo é este instante / nem aceites o talvez / porque antes e depois tudo é irrelevante / tudo é insensatez"

Um beijo

11:46 da tarde  
Blogger zeus said...

Muito doce e suave! Gostei

11:00 da manhã  
Blogger Yardbird said...

Bela expressão de paixão :) Beijinho

8:39 da tarde  
Blogger Maria Branco said...

Belissimo este teu poema, tocou-me profundamente! Um beijo grande para ti!

1:14 da tarde  
Blogger bertus said...

É um prazer ler os teus poemas e este não foge á regra. Desculpa estar uns dias sem aqui vir mas tenho tido muito trabalho o que me impede de visitar todos(as) os meus amigos(as).
Fica bem, um beijinho e intés!!

2:13 da tarde  
Blogger pipetobacco said...

{ ... beijo [sabor] querido enlace desejo e [amor] © o5elemento - define-o também em: [ http://www.mgrande.com/weblog/index.php/luzdetecto ] ... }

3:27 da tarde  
Blogger polittikus said...

Era bom conseguir ficar a sós apenas com quem gostamos e o resto do mundo deixar de existir...

7:00 da tarde  
Blogger FataMorgana said...

Tens uma forma especial de dizer coisas tão simples e naturais! Todos queremos o que descreves... mas tu é que o disseste da maneira boa :)

6:54 da tarde  
Blogger wind said...

Que mundo maravilhoso que descreveste e com simples palavras, mas poeticamente belas:)

5:11 da tarde  
Blogger deSaraComAmor said...

Betty, um amor assim é mesmo para sempre. Está nas nossas mãos trazê-lo para dentro do nosso olhar e conduzi-lo pela mão até ao âmago das palavras. Gosto muito do modo como as usas. Beijinho de boa noite.

9:06 da tarde  
Blogger atalhos said...

Quando apanhares aí ata-lhe as mãos e os pés com fios de seda. Depois alimenta-o com bastante amor e comida para que os seus pulsos e tornozelos não emagreçam e assim ele se escape! ;)

8:23 da tarde  
Blogger sefaxavor said...

Amar sem a intromissão do mundo em volta... Se ao menos fosse possível... Beijos

4:45 da manhã  
Blogger aaviador said...

Adorei o teu blog. O tempo traz cumplicidades desde que o amor exista e seja correspondido.
Beijos e aguardo a tua visita nas minhas Folhas Soltas de Poesia. (www.poesiaemfolhassoltas.blogs.sapo.pt)
aaviador

9:36 da manhã  
Blogger R/B Estação said...

E q bom seria!
Bom fim de semana.
Beijinhos.

12:35 da tarde  
Blogger SaltaPocinhas said...

O tempo é tramado: passa depressa nos momentos bons e nunca mais acaba quando as coisas estão menos bem... Bom domingo!

12:40 da manhã  
Blogger Maria Branco said...

Betty, venho deixar-te um beijo enorme. Obrigada pelas partilhas, atenção e carinho! Desejo-te o melhor, que sejas muito, muito feliz! Outro beijo, e até sempre!!

11:23 da tarde  
Blogger Ritinha said...

Lindíssimo poema.
Beijo

10:00 da manhã  
Blogger Tim Bora said...

O tempo é o que dele fazemos.
Bjoca.

12:44 da manhã  
Blogger Estrela do mar said...

...lindissimo o que acabei de ler...algo que felizmente sinto...mas o que também sinto é uma falta de disposição e de tempo para vir aos blogs e afastei-me de postar...problemas de saúde muito graves que a minha mãe tem...irreversíveis...mas lá vou aparecendo...
Desejo-te uma boa semana.
Um beijinho* grande.

9:37 da tarde  
Blogger LetrasAoAcaso said...

Gosto das multicores com que ointas as letras.
O meu beijo e uma advertência: acabei com o "Letras".
Colaboro de qd em qd no "conversasdexaxa" de que te deixo endereço:
http://conversasdexaxa2.blogs.sapo.pt

2:06 da tarde  
Blogger Ana said...

Há tanto tempo que te não leio :-(

1:27 da tarde  
Blogger Duarte said...

Um espaço deveras interessante onde tive a sorte de naufragar :) Parabéns!

2:01 da tarde  
Blogger Roberto Iza Valdes said...

Este comentário foi removido por um gestor do blogue.

7:08 da manhã  
Blogger Iza Roberto said...

Este comentário foi removido pelo autor.

10:25 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home