Desfolhada

Os textos que nunca tinha tido coragem de escrever... © Reservados todos os direitos de autor dos textos e poemas

quinta-feira, janeiro 05, 2006

O sorriso



No teu sorriso
descobri-me despida
de receios e ansiedades
privada de todas as vestes
apenas o calor
das tuas mãos me aquece
imóvel ao sabor das ondas azuis
que meus olhos devoram nos teus
quatro lábios unidos num mesmo gesto
no teu sorriso
nada que pudesse usar como traje
nem as palavras
apenas o silêncio e a contemplação
no teu brilho
permaneço diante dos teus olhos
nua
de tantos desejos vestida

48 Comments:

Anonymous Anónimo said...

desfolhar-te é sempre um prazer mágico e sentir o aroma da tua escrita é........
teu Infante

4:34 da tarde  
Anonymous blueshell said...

Tanta e tanta vez me fico pela"contemplação"...
Adoro ler-te.beijo. BShell

8:01 da tarde  
Blogger wind said...

Sempre belos os teus poemas:) beijos e bom ano*

9:51 da tarde  
Blogger ognid said...

Belissimo poema. Como habitualmente :). um excelente ano de 2006. um beijo.

10:39 da tarde  
Blogger JPD said...

UMA DELÍCIA!
Parabéns.
Bjs

10:53 da tarde  
Blogger polittikus said...

E verdade. Voltei para ver o teu sorriso nas palavras doces q escreves...

11:12 da tarde  
Blogger O Micróbio said...

A renovação é uma constante da vida... Bom Ano!

2:30 da tarde  
Blogger IsaMar said...

belíssimo como sempre. força e continua assim .

6:39 da tarde  
Anonymous T. said...

Hoje consegui aqui entrar, o que não tem acontecido em anteriores tentativas, por isso, aproveito para, em dia de reis, te desejar um excelente 2006.

Bom fim de semana. Um beijinho.

9:47 da tarde  
Blogger Amaral said...

Gostei do teu sorriso, feito desejo, carregado de amor nos gestos, na ternura dos quês e porquês, na contemplação desnuda dum silêncio de palavras, mãos e lábios, carinhos cheios, muito cheios dum sorriso…

10:55 da tarde  
Blogger Daniel Aladiah said...

Querida Ana
Há sorrisos que nos abrem e jamias conseguimos ser os mesmos.
Um beijo
Daniel

9:35 da manhã  
Blogger manuel said...

Um poema desarmante. Qualquer comentário é quebrar perfeita nudez "de tantos desejos vestida"...

Beijos

11:29 da manhã  
Blogger menina graça said...

Um sorriso desses vale tudo na vida... :)
Não queres vir falar comigo na Retrosaria?

9:10 da tarde  
Anonymous lique said...

Bonito, o sorriso do amor. Tu di-lo como ninguém.
Beijinhos, Betty

9:15 da tarde  
Blogger TMara said...

quando o amor, a paixão e o desejo estão em sintonia o resultado é como este. Bom e perfeito.Boa semana. Bjs e ;)

6:53 da tarde  
Blogger Lagoa_Azul said...

E tantas vezes é simplesmente o sorriso que encanta e despe com o olhar a nossa alma...
Lindos teus poemas,

Beijos com carinho.

9:08 da tarde  
Blogger Pólux said...

Gostei de partilhar o perfume, a luz e o fulgor irradiados pelo teu belo jardim.

Beijinho.

9:41 da tarde  
Anonymous digoeu said...

É imprevista a geometria das paixões.Um belo poema. Parabéns.

10:15 da tarde  
Blogger Jorge Moreira said...

Muito lindo o Poema e o Amor.
Obrigado pela visitinha,
Beijinhos

10:36 da tarde  
Blogger Desambientado said...

Adorei.
Aplausos fortes para todos eles.

10:41 da tarde  
Anonymous ferrus said...

"...permaneço...nua de tantos desejos vestida..." Delicioso! Adorei! :-) Beijinhos e parabéns!

11:27 da manhã  
Blogger Fernando Rozano said...

Vim conhecer< Betty, teu Desfolhada e fiquei bastante impressionado com a qualidade da tua poesia. Estarei aqui mais vezes e obrigado pela visita. Beijos.

11:30 da manhã  
Blogger Duarte said...

Betty,

O parentesco este Desfolhada e Desfiladeiro deixaria-me feliz se tivesse paralelo entre a excelência da sua poesia e a minha. Achei o poema brilhante, criativo e profundo. Mais palavras para quê? Obrigado pela visita. Um beijo

12:04 da tarde  
Blogger LetrasaoAcaso said...

O sorriso encerras todos os pequenos momentos de felicidade...
Beijinhos Betty

12:24 da tarde  
Blogger Quem sabe... said...

:)**

Obrigada pela visita...
Gostei deste cantinho...:)***

2:47 da tarde  
Anonymous Maria Papoila said...

Muito obrigada pela visita ao meu campo. Belíssima esta sua DESFOLHADA! Beijo

3:55 da tarde  
Blogger Cruzeiro said...

Obrigada pela visita :)
Nada como a simplicidade do sorriso perante a "nudez" dos sentimentos...belo poema

4:04 da tarde  
Blogger Natalie Afonseca said...

Olá!!
Antes de mais, obrigada por teres deixado um fio na minha teia!!
Gostei muito do teu cantinho, poemas muito bonitos!!
E sabes que mais, sempre que puder cá estarei para ler(-te) e comentar!!
Por enquanto (como ando em exames), deixo-te, aqui, um sorriso grande :D
***

4:38 da tarde  
Blogger JL said...

Olá Folhitas ;-)

Obrigado pela visita ao "O Observatório" e pelas palavras amáveis que lá deixaste. Fica o desafio de voltares lá mais vezes. Eu farei o mesmo. Aqui regressarei para folhear mais umas páginas desta defolhada.
Um beijo

6:36 da tarde  
Blogger Thiago Forrest Gump said...

Quero saber o nome da moça da foto. Fui com a cara dela! ;)

7:34 da tarde  
Blogger AS said...

"Permaneço diante de teus olhos
Nua
De tantos desejos vestida"

Belissimo!!!

Os teus poemas têm uma melodia impar... Beijos

7:47 da tarde  
Anonymous Clitie said...

Obrigada pela visita ao Vida.
Este texto é muito bonito.

Bjk

8:21 da tarde  
Blogger musalia said...

olá, Betty :) palavras muito belas as que por aqui vais dispondo. conheço agora o teu espaço. voltarei.

9:20 da tarde  
Blogger Aran said...

Uah!!! Adorei-te ler!!! Estão magnificos estes teus últimos escritos!!!!
PS: o meu link para não me perderes... ;) http://capricornioemim.blogs.sapo.pt/

9:27 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Boas palavras, podemos trocar link,s se achar por bem, um abraço...

osaldanossapele.blogs.sapo.pt

10:21 da tarde  
Anonymous Carlos said...

Muito bom. Parabéns. bjs...

11:50 da tarde  
Blogger kalli said...

estou apaixonada pelos textos ... pelos poemas ... adorei!!

11:51 da tarde  
Blogger Micas said...

Um sorriso é Luz. Adorei o poema.
Beijinho

12:18 da manhã  
Anonymous mocho said...

Um sorriso é quanto basta para nos apaixonarmos...custa tão pouco, por vezes. Tens um texto cheio de paixão. Gostei de ler.

12:20 da manhã  
Blogger Castor (moi-je...ehe, ehe) said...

Se um sorriso bastasse, por um sorriso que eu visse, talvez eu nem me lembrasse do que me lembro e sorrisse... Um sorriso é um prenúncio de um momento bom... CHUAC!

1:38 da manhã  
Blogger Caçador de Palavras said...

mas que belo jardim de palavras tens aqui ;-)

8:04 da tarde  
Blogger romero said...

un poema encantador :)
besito

9:34 da tarde  
Anonymous the guardian said...

agradecido pela visita à Cidadela...volte sempre.

P.S. Belo blog e belo poema.

10:07 da tarde  
Blogger margusta said...

Lindo este teu"Sorriso"...tanta emoção..tanto sentimento...
Um beijo.

11:08 da tarde  
Blogger mixtu said...

muito amor nete sorriso... o sorriso com acto de amor...
adorei...
saludos

12:15 da manhã  
Anonymous Mily said...

Vim agradecer sua visita e me deparei com um blog de altíssima qualidade. Estou encantada com suas poesias que marcam o compasso dos sentimentos de uma forma tão perfeita. Você fala do amor, das emoções e sensações, com uma facilidade que comove e encanta. Você tem alguma coisa publicada? Seus versos são dignos de serem gravados de forma indelével no papel. Amei tudo aqui! Deixo um beijo e um afago no seu coração, com muito carinho, nos votos de um final de semana de muitas alegrias.

4:48 da manhã  
Blogger Duarte Temtem said...

Olá Betty

Venho retribuir a cortesia da tua visita e em boa hora o faço.

Como são belas as tuas palavras!

Bjs

6:23 da manhã  
Blogger Alvaro Gonçalves said...

Olá amiga,

Espero poder tratar-te assim, de amiga, pois sempre considero as pessoas minhas amigas até prova em contrário.
Mas não foi por isso que aqui passei, foi para te ver, quando aqui cheguei ao teu cantinho, salto-me à vista o sorriso e quiz logo conhecer-te melhor, e creio que ele me disse muito de ti.
Adorei.
Bjokas mil e xi - corações

7:46 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home