Desfolhada

Os textos que nunca tinha tido coragem de escrever... © Reservados todos os direitos de autor dos textos e poemas

quarta-feira, novembro 16, 2005

Marmelada


(foto retirada da net)

Esse mel
que me acompanha a lua
calda que em mim goteja
vagaroso, propício
a este desejo exclusivo
esse mel gigante
chupa-chupa nos meus lábios
desfeito, perfeito licor
dos deuses no meu umbigo
sabes a mel, a mar
lambuzo-me na maré
sereia de vocação
sou mel, sou mar
melada em ti

26 Comments:

Blogger soldeinverno said...

olé Betty...antes de mais queria agradecer-te as palavras que deixaste nos meus cantinhos e dizer-te que o teu é absolutamente lindo, adorei ler-te... continua...
beijo

ah! já me esquecia...quer dizer que estamos as duas na mesma não? Pensa bem...eu tou a fazer o mesmo...

5:50 da tarde  
Blogger JPD said...

Muito bonito este poema.
(Terei andado distraido?) Há que tempos não editavas.
Fazem muita falta os teus poemas, Betty. Não deixes de editar.
Bjs

10:11 da tarde  
Blogger adesenhar said...

poema delicioso :)

:)

12:04 da manhã  
Blogger Daniel Aladiah said...

Querida Betty
Muita sensualidade no gosto e no acto de gostar...
Um beijo
Daniel

10:37 da manhã  
Blogger wind said...

Belo poema, muito sensual no a(mar):) beijos

10:47 da manhã  
Blogger soldeinverno said...

Novidades no meu blog...
tou tão feliz...quero partilhar a minha felicidade com todos vocês!
Beijos
:)
:)
:)))))))

11:31 da manhã  
Blogger gato_escaldado said...

nunca li marmelada tão bem "batida". perdão, escrita. de fazer água (quente rss) na boca. beijos

3:27 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

que poema tão lindo, doce e lambuzado. Adorei, beijos do teu abelhão infante

5:28 da tarde  
Blogger Yardbird said...

É o que se chama um poema dulcíssimo. E belo :-)
Beijinho, Betty

7:46 da tarde  
Anonymous T. said...

hummmm! delícia mesmo! Gostei.

:-)

10:49 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Que lascivo poema saboroso...

:)
http://embriaguezdametamorfose.blogspot.com/

12:24 da tarde  
Blogger lique said...

Sensual, dulcíssimo, suave e excitante. Hummm... :))
Beijinhos

10:05 da tarde  
Blogger Alma de Poeta said...

Um doce de poema

3:32 da tarde  
Blogger IsaMar said...

tanta doçura e sensualidade.

7:05 da tarde  
Blogger Amaral said...

Doce é o mel, desejo escondido nos lábios que ao amor conduz…

9:35 da tarde  
Blogger Luís Monteiro da Cunha said...

Venho retribuir as gentis palavras que deixaste no meu quintal.

Por acaso não é com mel que se apanham as moscas?
Muito doce, o teu cantinho...

Bjo

2:49 da manhã  
Blogger Micas said...

Hummmm...que delicia, doce e sensual. Gostei imenso. Beijinhos

10:03 da manhã  
Blogger Micas said...

Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

10:03 da manhã  
Blogger FataMorgana said...

Gostei mesmo muito. É um excelente poema para representar em gestos! :)
Beijo.

2:22 da manhã  
Blogger MWoman said...

Ups! Magnífico! Esta marmelada combinava muito bem com os devaneios afrodisíacos lá do sítio! ;)
Beijocas.

2:52 da tarde  
Blogger Estrela do mar said...

...Betty quando li o título, fiquei um pouco indisposta...só de pensar no sabor da marmelada, que não gosto nada...mas quando comecei a ler o teu poema...minha @miga...que lindo!!!...tu fazes poesia de uma forma tão peculiar que eu gosto muito...

Beijinhos.

8:01 da tarde  
Blogger MONALISA said...

Continuas com a tua escrita especial. Parabéns

9:01 da tarde  
Blogger Nilson Barcelli said...

Não te conhecia (obrigado pela tua visita).
Estive a ler alguns poemas teus (talvez mais de 10). Cheguei à conclusão que estás madura a escrever poesia. Ela é muito segura e, para além disso, muito bem escrita. Gostei imenso. Parabéns. Voltarei.
Beijinhos.

2:28 da tarde  
Blogger agua_quente said...

Ai, que ela também anda à volta dos sabores! :))
Essa marmelada parece-me... perfeita!
Beijos

10:30 da tarde  
Blogger perola&granito said...

estive aqui, gostei do que li.

12:32 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

epa, o mel é doce, o mar é salgado.

Não combina mt bem.

1:45 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home