Desfolhada

Os textos que nunca tinha tido coragem de escrever... © Reservados todos os direitos de autor dos textos e poemas

terça-feira, dezembro 06, 2005

Direitos




Tenho o direito
de ter asas nos meus bolsos
de ser folha ao vento e pétala de mar
de querer o impossível
de não ser igual aos outros
de inventar o inexistente
de exigir que me abram todas as portas
de não querer fronteira, País, Europa
de saber todos os segredos e desejos
de correr todos os caminhos
de pintar poemas com cores de luz
de escrever versos em branco
de não vender poesia
de ver que nada é igual
e que é tudo a mesma coisa
de ser semente, flor e fruto
de andar vestida como quiser
de andar nua como vim ao mundo
de beber sumo de ausência para não morrer
de morar no sol e fazer férias na lua
de multiplicar o amor contigo
e ser feliz para sempre

23 Comments:

Blogger Daniel Aladiah said...

Querida Betty
Bem-vinda nova Hamurabi, que tão bem exprimes os teus direitos, como se fora desejos... (ou será ao contrário :))
Um beijo
Daniel

9:40 da tarde  
Blogger Amaral said...

Tens o Direito! E esse direito é simplesmente a evidência de tudo o que somos. És tudo aquilo a que tens direito, porque na essência és a liberdade de ser.
O teu post lê-se com o entusiasmo de chegar ao fim, para depois voltar ao princípio, e num ápice descer por aí abaixo, num bem-estar repousante.
Como nós gostaríamos que tudo fosse simples assim!
E por que é assim tão simples, vamos lutar para ter esse direito, ainda que seja no último dia, no último momento…

11:19 da tarde  
Blogger pipetobacco said...

{ ...

hoje não te.deixo

«aquilo que só se escreve»

deixo.te «aquilo que só se pode cantar»

http://www.epitonic.com/files/reg/songs/mp3/Arco-Driving_At_Night.mp3

... }

11:44 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

tens todo o direito de voar rumo à felicidade seja na lua no sol ou em marte. Ah,leva o protector solar, hehehe
beijos do teu infante

12:31 da tarde  
Blogger adesenhar said...

tens todo o direito do mundo e muito mais :)
agora compreendes a razão de ser do meu post sobre o silêncio?

bjks

2:27 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Obrigada pela visita que fizeste ao meu campo! Gostei da tua "Desfolhada"! Tens todos esses direitos e eu vou concerteza passar a visitar-te com regularidade...Tenho esse direito! Beijo

3:11 da tarde  
Anonymous batista filho said...

... disseste direitinho os teus direitos... mas diferente do código na pedra fria, pareceu-me (perdoa o desvario!) que o entalhaste nas pétalas de flores dispersas ao vento... pois ao ler os teus direitos, senti como o quê d'um perfume suave.

3:43 da tarde  
Anonymous CASTOR said...

Tens todo o direito, sim.... e todo o torto também, claro... ehe,ehe,ehe... agora quanto a teres posto os teus dois cantores canídeos a "cantar" um "dueto"... é que já não sei... acho que podes vir a ter um coro do caneco... ehe,ehe,ehe... CHUAC! Assim como cantares, eu danço!...

4:16 da tarde  
Blogger wind said...

Tens direito a isso tudo, escrevendo como escreves:) beijos

6:12 da tarde  
Blogger agua_quente said...

Tens todos os direitos que tu própria assumires.
Olha, mas quanto a "andar nua como vieste ao mundo", se for na rua a polícia é acapaz de não estar muito de acordo! :))
Beijos, Betty

6:29 da tarde  
Anonymous lique said...

Todos os direitos do mundo! Desde que escrevas sempre assim! :)
beijinhos

7:13 da tarde  
Anonymous In Loko said...

Podes ser tudo isso, e se calhar muito mais, se continuares a ser igual a ti própria... deixa-te ir por aí ao sabor de qualquer corrente... asas não te faltam... vai, e tens direito a tudo!!! Fica bem Betty

7:15 da manhã  
Blogger TMara said...

TENS! Temos :) pq se empenha a a sociedade, k é uma coisa inexistente, por nós criada (afinal: nós)em coartar-nos os + simples direitos? Talvez pq teríamos um mundo de paz e equilíbrio? A quem não interessa tal, pq nos deixamos enlear? Temos esses direitos. E o de colocar os pés no mar e caminhar nas águas, sobre as águas...está na nossa divina parcela k é urgente ampliar.
Bj de luz e paz

7:59 da tarde  
Anonymous T. said...

direitos inalienáveis e imprescritíveis!

Bj :-)

8:30 da tarde  
Blogger luma said...

A felicidade vem em gotas homeopáticas, assim como os direitos conquistdos. Beijus

11:30 da tarde  
Blogger Pdivulg said...

Sim é verdade tens direito aquilo que quiseres, mas olha que está muito frio para "de andar nua como vim ao mundo" ;-)

9:04 da manhã  
Blogger sotavento said...

Todos!... :)

1:39 da tarde  
Blogger Luís Miguel said...

“Direitos” inegáveis..e maravilhosamente bem expressos!
.
.
Beijinhos, Betty.
Bom fim de semana para ti..

6:56 da tarde  
Blogger JAC said...

Boa noite… vim a tua casa para te contar que mudei a minha e espero que me venhas visitar.

http://www.local-imperfeito.blogspot.com/

Local Imperfeito – JAC

12:19 da manhã  
Blogger Alma de Poeta said...

Minha amiga...as minhas algibeiras têm asas sem que eu tenha alguma vez pedido esse direito.
Temos o direito de ser livres dentro dos direitos que nos impõem.
Beijinhos

6:42 da tarde  
Blogger Mocho said...

Tens todo o direito de te posicionares no mundo conforme a tua capacidade de sentir e ver; tens a obrigação de lutar para seres feliz; tens o livre arbitrio de decidir o que está certo e o que está errado; Tens a capacidade de amar, de ajudar, de cativar, de rejeitar...tens tanto! Todos nós temos tanto e contudo, rejeitamos parte...

3:18 da manhã  
Blogger IsaMar said...

eu acho que sim que tens direito de seres como tu queres.
um abraço natalício

11:50 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

muito a tempo de exercer o meu direito de te dizer que gosto muito do que escreves!
bj
carlos peres feio

7:16 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home