Desfolhada

Os textos que nunca tinha tido coragem de escrever... © Reservados todos os direitos de autor dos textos e poemas

terça-feira, março 01, 2005

Sobremesas

Em cada gota
esgota-se
em cada lágrima
chora o floco de neve
tão só
de linho branco bordado
tão frágil, envergonhado
cobre-nos
este manto branco
de luz solar que derrete
penetra os teus caracóis

nós dois
dedos de chocolate e de mel
deslizo-te pela pele
fruta fresca em chocolate quente
derretemos assim
sobremesa um do outro

30 Comments:

Blogger manuel said...

os teus poemas são como fruta madura ou chocolate quente...

tenho semre grande prazer em ler-te! beijos

3:19 da tarde  
Anonymous Dora said...

Raio de sol, fruta, mel e chocolate...que festa para os sentidos!
Continuação de boa semana :-)

4:38 da tarde  
Blogger contadordehistorias said...

Um poema que abre o apetite dos sentidos.


beijos

5:12 da tarde  
Blogger Daniel Aladiah said...

Querida Beety
Confesso que fiquei com água na boca... e gosto muito de sobremesas...
Um beijo
Daniel

7:36 da tarde  
Blogger wind said...

Poema extremamente "saboroso" e de apetecer mais:) beijos

8:47 da tarde  
Blogger Yardbird said...

Este poema podia-se chamar "Poema Dulcíssimo". Beijinho meu

9:59 da tarde  
Blogger Micas said...

Uma sobremesa repleta de sabores e sensualidade. Gostei imenso. Beijinho

10:32 da tarde  
Blogger O Micróbio said...

E nem falta a cobertura de chantilly... :-)

12:53 da tarde  
Blogger Azenhas said...

"nós dois
dedos de chocolate e de mel
deslizo-te pela pele
fruta fresca em chocolate quente
derretemos assim
sobremesa um do outro"

Hum...hiam...hiam... Da minha janela, derreteste o meu coração.

1:37 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

mmm...com ingrdientes destes quem recusará? fica-nos o sabor que a poesia nos envia....
Um abraço do Morfeu

2:07 da tarde  
Blogger lique said...

Gostosa, a tua poesia! Toda para o prazer dos sentidos. Beijinhos e obrigada pelo teu mimo no meu blog.

7:15 da tarde  
Blogger antonio said...

Só para te dar um beijinho e fazer votos para que tenhas uma SANTA DIETA, eh,eh,eh!
Eu cá vou atacar JÁ um belíssimo bacalhau com natas, antecedido de um creme verde de legumes e para rematar tarte de maçã. Cafézinho, digestivo...( e se calhar compensant)

Um abração do
Zecatelhado

7:38 da tarde  
Blogger JPD said...

|Belo poema, betty!
Bjs

9:51 da tarde  
Blogger MONALISA said...

Sensual poema. Gostei. Beijo

10:13 da tarde  
Blogger amita said...

Fruta freca com chocolate quente, Huuummmmmm que delícia! Bjinhos

10:18 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Um cheiro de tarumã passou pelo meu nariz.
chocolate e amor.

te beijo

11:36 da tarde  
Blogger JG said...

E logo eu que sou tão guloso! Belo e doce poema. Parabéns.
Jgomes

5:48 da tarde  
Blogger Carlos Barros said...

são como cerejas, e mais não digo...
beijos gostei mt

8:42 da tarde  
Blogger pipetobacco said...

{ ...

[copy and paste]

caminho [eu] em teus momentos [descritos; de alma]; [mas] em teu corpo [desejo] e de momentos [agrado] caminho [nele] imerso [dependo]
© o5elemento

beijos*

... }

3:55 da tarde  
Blogger Estrela do mar said...

...adorei...adorei...bem romântico e docinha...até fiquei com água na boca!!!...

Tem um bom fim de semana.
Um beijinho* Grande.

9:03 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

É esse encantar entre sobremesas que faz este canto especial..E aromatico..Um beijo doce
MissLadyMystery -> Http://MundoDosSonhos.blogs.sapo.pt

5:17 da tarde  
Blogger Pecola said...

subitamente fiquei com fome :|

12:11 da tarde  
Blogger Juiz Árbitro said...

Vai começar o 1º concurso de blogs portugueses.
Convido este blog e todos q por cá passam a irem lá e inscreverem-se.
Boa semana.

1:13 da tarde  
Blogger Poemas de amor e dor said...

Que belo poema cheio de sabores. gOstei ROgério

11:22 da tarde  
Blogger Poemas de amor e dor said...

Que belo poema cheio de sabores. GOstei.
ROgério

11:23 da tarde  
Anonymous gato-escaldado said...

gostei muito do teu blog e dos teus saborosos poemas.

deixo-te convite para nos visitares em htt://gato-na-paisagem.blogspot.com

5:00 da tarde  
Blogger Paz Kardo said...

Fantástico, o poema. As palavras têm uma relação especial contigo...

Visita:
http://ecodeminhavoz.blogspot.com
http://nomadasperdidos.blogspot.com

Saudações Nómadas...

6:08 da tarde  
Anonymous sandra said...

Muito bonito o poema!Muito romantico!Adorei!!Beijinhos!Um bom dia das mulheres!

6:47 da tarde  
Blogger Malapata said...

Eu escreve: amo ser o tipo aos polpos e naturalmente simple! Ola! Tu sim?

12:39 da manhã  
Anonymous sandra said...

mas que lindo, exploraçao da alma e da natureza!!Beijinhos!!Passe no meu blog!!

9:45 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home